Número de indecisos cai e Dilma se mantém 12 pontos à frente

Post publicado originalmente no site www.vermelho.org.br:

A candidata à Presidência da República Dilma Rousseff obreve 56% dos votos válidos e 50% dos votos totais, conforme a última pesquisa Datafolha, publicada nesta sexta-feira (29). A presidenciável mantém-se à frente de seu adversário José Serra (PSDB), que possui 44% dos votos válidos e 40% dos votos totais.

 Queda do número de indecisos de 8% para 4% consolida liderança de Dilma Rousseff

Leia também: Ibope aponta 14 pontos de diferença entre Dilma e Serra

O percentual de indecisos foi a principal alteração, passando de 8% para 4% em dois dias. A redução mostra que há menos espaço para mudanças na tendência de favoritismo da candidata Dilma Rousseff. Os que votam em branco, nulo ou nenhum mantiveram-se estáveis em 5%.

A proporção de votos válidos obtidos por Dilma e por Serra não sofreu alteração em relação à sondagem do mesmo instituto publicada em 26 de outubro, mantendo estável a posição de liderança da candidata. Nos votos totais, a petista subiu 1 ponto e o tucano 2 pontos, oscilações que ficam dentro da margem de erro e consolidam a estabilidade do quadro eleitoral.

O levantamento segue a mesma tendência mostrada pela última pesquisa Ibope , divulgada nesta quinta-feira (28), quando a petista apareceu com 52% das intenções de voto, contra 39% de Serra.

Dilma cresce no Sudeste

Importante fator que contribuiu para a escalada da candidata do PT foi seu desempenho na região Sudeste, que responde por 44% dos eleitores do país. Ela começou outubro com 41% das intenções de voto, contra 44% de Serra. Hoje, a petista soma 47% e o tucano oscilou para 42%.

Serra mantém a liderança apenas na região Sul, onde tem 12 pontos de vantagem. Já no Nordeste o quadro se inverte: Dilma está na dianteira com 33 pontos, somando 62% das intenções de voto, contra 29% de Serra. Nas regiões Norte e Centro-Oeste somadas, Dilma tem 51% contra 41% de Serra. Vantagem de 11 pontos para a petista.

Queda de indecisos entre eleitores de Marina

A subida de Dilma ao longo deste mês pode ser explicada também pelo comportamento dos eleitores que votaram em branco ou nulo no primeiro turno e pela queda de indecisos entre os eleitores que votaram na candidata Marina no dia 3 de outubro.

No início do mês, 14% dos que votaram em branco ou nulo no primeiro turno diziam estar propensos a votar na petista, e 25% declaravam apoio ao tucano. Já agora, embora o percentual de indecisos entre esses eleitores tenha subido de 9% para 18%, 25% dos que votaram em branco ou nulo no primeiro turno dizem que vão escolher Dilma, contra 13% que optam por Serra.

Quando analisados os percentuais dos eleitores de Marina Silva (PV), terceira colocada no primeiro turno, o número dos que se diziam indecisos nesta segunda rodada da eleição caiu, passando de 18%, no início de outubro, para 8%, agora.

A pesquisa encomendada pelo jornal Folha de S.Paulo foi realizada na quinta-feira (28) em 256 cidades e com 4.205 entrevistas. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O número de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é 37.721/2010.

Da redação, Luana Bonone, com O Globo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s