Motocross 2012 – Remanso – Bahia

Domingo, 01/01, aconteceu o Motocross de Remanso. Infelizmente não obtive o material com os resultados, mas seguem algumas fotos das provas de diversas categorias. A foto acima é do mais jovem piloto de Remanso, Adriano Muniz, 8 anos de idade e já é uma “ferinha” no meio dos adultos. Outros destaques: Laninha e Thalia, as mulheres da competição.

Motocross 2012 - Remanso-BA.

Laninha, Adriano e Thalia, destaques no Motocross 2012.

A turma da organização: (?), Leo Raposo e Bita.

As fotos:

Motocross 2012 - Remanso-BA.

Laninha foi cumprimentar a galera.

Adriano Muniz em cena.

Os pegas não foram muitos, mas foram bons.

Embolando...

...empinando...

...e saltando.

Júlio Cesar, campeão da principal categoria - Importadas.

Adriano (direita) largando na força Livre Nacional...

...e numa curva do circuito...

...sob o olhar atento da irmã Adriana.

Uma bela imagem do circuito da Prainha de Amaralina.

Mais um pega.

Empinando...

...Filmando com uma GoPro Hero...

...pega no final da "mesa"...

...e empinando para a galera.

Mais fotos em: http://www.flickr.com/tovinhoregis. Para ver as fotos é melhor ir pelo álbum Motocross 2012, que fica na coluna direita do blog. São quase 1000 fotos.

Área de Preservação Ambiental. Será?!?!?!

A população de Remanso tem que reagir contra algumas coisas “estranhas” que vem acontecendo nos últimos tempos. Primeiro foi a tentativa (não sei se não vai voltar) de construir campos de gramado sintético na área que fica por detrás da Igreja Matriz de Remanso, com doação de terreno público para particular explorar; agora é a doação de uma área MAIS DO QUE nobre da nossa cidade, de 5.000m² e avaliada em R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) sem ter debatido com a comunidade (a nossa Câmara de Vereadores e vezeira em fazer isso) para o empresário Professor Alcides. Volto a dizer: Quanta falta faz Dr. Severino, o grande defensor da nossa prainha. Estivesse ele vivo, com certeza isso não ficaria assim.

Esta área que está sendo doada fica em área de preservação ambiental. Existe uma lei municipal regulando sobre construções nas margens do Lago, além de ter toda uma legislação Federal tratando das APAs.

Se tiver algum Procurador Federal que tenha interesse em pegar esta causa em defesa do nosso meio ambiente e do nosso patrimônio, por favor: SOCOOOORRRROOOO!!!!

Porque o SERÁ?!?!?! lá do título deste post? É porque parece que nossos edis não se importam com a preservação da natureza, não sabem o que é uma APA ou, então, sabem o que é e sabem que precisamos preservar algumas áreas, mas os interesses que podem estar por trás devem estar falando mais alto.

Não há justificativa para transformar uma área de interesse público em uma de interesse particular/privado como estão fazendo com esse terreno, ainda mais doando um terreno de tão grande valor, tanto econômico quanto social.

Ninguém é contra o desenvolvimento. É fato. Mas o interesse público deve estar acima de quaisquer interesses privados. Não podemos ir na contra-mão do clamor universal pela preservação do meio ambiente. O que não falta em Remanso são áreas onde se possa fazer um hotel, de luxo ou não.

Agora, para o caso de não conseguirmos barrar o que estão querendo fazer, deixo aqui uma pequena lembrança do que pode ser os últimos momentos desta área VERDE, LIVRE e DO POVO REMANSENSE:

Fotos da área que está sendo doada.

Av. Manoel Amâncio Coelho.

Av. Manoel Amâncio Coelho.

Fotos de outra parte da Avenida Manoel Amâncio Coelho, no lado oposto ao do terreno doado:

Av. Manoel Amâncio Coelho.

Av. Manoel Amâncio Coelho.

Av. Manoel Amâncio Coelho.

Av. Manoel Amâncio Coelho.

Ordenação Presbiterial de José Erimateia – Remanso – Bahia

Sábado, 10/12, aconteceu em Remanso a Ordenação Presbiterial de José Erimateia de Oliveira. O ato aconteceu no pátio da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário e Dom José Geraldo, bispo da Diocese de Juazeiro, foi o responsável pela condução do processo de ordenação fez a oração solene e a imposição das mãos.

Entrada do ainda Diácono José Erimateia com os pais e padres que participaram da celebração.

Dentro do ritual próprio da ordenação, o diácono foi apresentado à comunidade pelos padres Guilherme, de Pilão Arcado, e Josemar, de Juazeiro. Os padres informaram ao Bispo que o diácono fora examinado e que satisfazia às exigências do Cânone e que o mesmo estava qualificado para receber a Ordem do Presbítero.

Em seguida foi feito o juramento de lealdade à Igreja e às suas doutrinas, bem como ao Culto e à Disciplina da Diocese de Juazeiro.

Não havendo impedimento declarado contra o diácono e tendo o aceite da comunidade, Dom José Geraldo deu prosseguimento fazendo a Coleta da Ordenação e em seguida a Litânia da Ordenação.

Um dos momentos mais importantes da Ordenação é o momento da imposição de mãos. Primeiro o Bispo faz a imposição e logo em seguida todos os Presbíteros o acompanham.

Dom José Geraldo faz a imposição de mãos em José Erimateia.

Em seguida foi feita a paramentação e o encarregado para esta missão foi o padre Guilherme, da Paróquia de Santo Antônio de Pilão Arcado.

Padre Guilherme fez a Paramentação.

O Bispo fez a entrega da Bíblia como sinal da autoridade para proclamar a Palavra de Deus, do Cálice e da Patena como sinais da autoridade para celebrar o Sacramento da Nova e Eterna Aliança.

De joelhos o neo-ordenado fez a Oração Dedicatória e Dom José Geraldo, em nome da Diocese de Juazeiro, apresentou o Reverendo José Erimateia como o mais novo Presbítero da Igreja de Deus.

Oração Dedicatória.

Depois de todo o rito eucarístico, o Reverendo José Erimateia deu a primeira comunhão como Padre aos seus pais.

O Padre José Erimateia da a comunhão à sua mãe...

...e em seguida ao seu pai.

Ao final da celebração José Erimateia mostrou toda a sua alegria e comemorou com a comunidade a sua Ordenação.

O novo Presbítero irradia felicidade e contagia os católicos de Remanso.

A comunidade remansense recebeu os convidados da Paróquia, da Diocese e de José Erimateia no Lago Azul Iate Clube, onde foi servido um jantar regado a refrigerantes.

Parabéns ao novo Presbítero e que a sua jornada seja de duradoura e conduzida com firmeza e fé.

Vejam mais algumas fotos:

Dando a comunhão.

Diácono Antônio Fernandes Dias, de Casa Nova, companheiro de Seminário.

O anfitrião, Padre José Benedito Rosa, agradece a todos pela festa.

Agora já autorizado a celebrar todos os ritos eucarísticos.

Todos queriam comungar com o novo padre.

Concentrado na Comunhão.

Padres e seminaristas presentes na festa de José Erimateia.

"Corpo de Cristo"... "Amém".

Para matar saudade: Prainha de Remanso ao por do sol.

Nada como uma volta pelos arredores da Prainha de Amaralina, em Remanso; não há terapia melhor. Para que você também sinta um pouco do que eu sinto quando faço minhas fotos por lá, seguem algumas das que fiz  ontem, 09 de dezembro. Aproveitem.

Poeira provocada pelos motoqueiros treinando para o Motocross 2011.

A lua e o seu reflexo no Velho Chico. Belas cores do por do sol.

As vacas "pegando" o caminho do curral. Prainha de Remanso.

Vaqueiro na Prainha de Remanso.

A garça e a lua. Luzes do crepúsculo.

É bonito, mesmo com a poluição visual.

Vaqueiro na Prainha de Remanso.

Mais fotos de Remanso em http://www.flickr.com/tovinhoregis.

“Chicoteca” reabre para receber Os Chicos

Leo Drumond e Gustavo Nolasco autografam "Os Chicos" sob o olhar de "Chicoteca". Crédito: Tovinho Régis

Os Chicos vão do samba a discoteca para homenagear seus personagens

Chicoteca foi mais um personagem de Os Chicos homenageado pelos autores Gustavo Nolasco e Leo Drumond (Crédito: Tovinho Régis)

Para homenagear mais um dos personagens do livro Os Chicos – Prosa e Fotografia, os autores Gustavo Nolasco e Leo Drumond deixaram Pernambuco e seguiram estrada pelo sertão da Bahia. Em Remanso-BA, no sábado (26/11), foi a vez de confraternizar com Francisco Pereira Gomes, o Chicoteca.

Depois de caírem no samba, em Petrolina, Nolasco e Drumond encontraram mais uma surpresa em Remanso. A festa aconteceu no mesmo salão onde, antigamente, funcionava a Chicoteca, discoteca que deu o apelido a seu proprietário e que, por muitos anos, reuniu em sua pista de dança toda a juventude de Remanso.

A antiga discoteca foi decorada para relembrar os tempos em que embalava a juventude de Remanso (Crédito: Tovinho Régis)

Sob muita luz negra, discos de vinil e nostalgia dos remansenses, a solenidade foi aberta pelo vice-prefeito Hugo Régis, que agradeceu a presença dos convidados que lotaram o salão principal da antiga discoteca.

O ventríloquo Professor Flávio fez a primeira homenagem a Chicoteca, com uma apresentação baseada no conto “Guardião de uma sepultura inundada”, do livro Os Chicos, que retrata o passado e o presente da cidade de Remanso e de sua sociedade.

Professor Flávio fez uma apresentação em homenagem à história de Chicoteca (Crédito Tovinho Régis)

Em seguida, Nolasco fez um breve relato sobre o projeto Os Chicos e a passagem dele e de Drumond por Remanso, quando da pesquisa em campo. Num contraponto entre a tristeza causada pela inundação da antiga cidade de Remanso para a formação do Lago de Sobradinho e a atual alegria dos moradores da nova cidade, o escritor homenageou Chicoteca.

“Para mim, a caixa d’água da antiga Remanso, ainda de pé no meio do lago, representa o trauma e tristeza que a mudança da cidade causou em vários de vocês. E se ela representa a tristeza, Chicoteca foi o responsável por criar o primeiro espaço na nova cidade dedicado à alegria. Por isso, gostaria que todos aplaudissem esse cara”, disse Nolasco.

Em seu pronunciamento, Drumond agradeceu o apoio dos irmãos Tovinho e Hugo Régis. Ele lembrou que além dos personagens, muitas pessoas contribuíram para que ele e Nolasco conseguissem concluir o livro Os Chicos.

“Tovinho e Hugo podem ser considerados o terceiro e o quarto elementos desta equipe. Durante nossa caminhada, foram muitas pessoas que, como eles, nos doaram seus tempos para nos ajudar. E isso, nós nunca esqueceremos”, afirmou o fotógrafo.

Leo Drumond agradeceu o apoio da família Coelho Régis (Crédito: Tovinho Régis)

Leo Drumond, Tovinho Régis, Chicoteca e Gustavo Nolasco (Crédito: Hugo Régis)

O evento teve o apoio da Rádio Comunitária Zabelê FM, de Paulinho da Cesta do Povo, de Marcílio Braga, do vice-prefeito Hugo Régis e Tovinho Régis.

Destaques

Após a festa que prepararam para o personagem Chicoteca, foi avez de Nolasco e Drumond receberem o reconhecimento da sociedade de Remanso pelo trabalho desenvolvido no projeto Os Chicos. Os autores foram um dos homenageados na festa Destaques 2011, realizada no Iate Clube, para apresentar as pessoas que prestaram grandes serviços à cidade neste ano. (o texto acima foi extraído do blog do Projeto Os Chicos em http://www.oschicos.com.br/blog/?p=960).

Nolasco e Drumond são homenageados por Marcílio Braga no Baile Destaques 2011 (Crédito: Tovinho Régis)

O stand de Os Chicos foi bastante movimentado no Baile Destaques 2011. Crédito: Tovinho Régis

Zabelê FM – Programa Sábado Show

Na manhã do mesmo dia do lançamento, Drumond e Nolasco foram entrevistados por Nilton Show, do programa Sábado Show, na Rádio Comunitária Zabelê FM, onde falaram do projeto Os Chicos, de como chegaram até Remanso e como me conheceram.

Drumond e Nolasco na Rádio Comunitária Zabelê FM (Crédito: Tovinho Régis)

“Remanso não estava marcada no nosso roteiro. Foi a partir do contato com Tovinho, através do seu trabalho publicado na Internet, que incluímos Remanso no nosso projeto”, disse Nolasco.

Leo Drumond e Gustavo Nolasco no programa Sábado Show, comandado por Nilton Show, na Zabelê FM (Crédito: Tovinho Régis).

Quero aqui agradecer ao Leo e ao Gustavo, não por ser incluído como “terceiro elemento” do projeto deles, mas pela sensibilidade que têm e por trazer aos remansenses e, de forma especial, a todos os personagens do livro, o resultado do que foi colhido na fase da pesquisa em campo. Porque, como dizem Drumond e Nolasco, “muitos cineastas, fotógrafos e pesquisadores têm passado por estas bandas e nunca retornam para mostrar os resultados dos trabalhos aos verdadeiros ‘donos’ da obra”. É assim que deve ser.

Os remansenses e a obra de Nolasco e Drumond: importância do retorno. Crédito: Tovinho Régis

Valeu Leo e Gustavo. Sei que vem mais coisa por aí, como o ensaio que foi feito nas ruínas da velha Remanso no domingo (27/11) e a outra etapa do projeto Os Chicos, onde deverá ser produzido um documentário com os personagens Chicos do Rio São Francisco.

Vejam mais algumas fotos do lançamento de Os Chicos:

Cenas do curta produzido para os lançamentos de Os Chicos.

Detinha e Luiz Celso: uma história que teve início na Chicoteca (Crédito: Tovinho Régis).

Hugo Régis, Leo Drumond, Francisco Pereira Gomes "Chicoteca" e Gustavo Nolasco (Crédito: Tovinho Régis).

As jovens leitoras aguardam seus livros autografados. Crédito: Tovinho Régis

Paulinho da Cesta do Povo e Carlos "Bola Sete", filhos de Chicoteca. Crédito: Tovinho Régis.

D. Lúcia Libório foi a primeira a chegar ao evento: "Sou muito pontual", disse. Crédito: Tovinho Régis

Nilton Show e Geisa Duarte com seus amigos (Crédito: Tovinho Régis).

Thiara (fotógrafa) na mesa da família de Chicoteca (Credito: Tovinho Régis).

José "Leão" Campinho, Edson Muniz e o vereador Carlos Castro (Crédito: Tovinho Régis).

Leo Drumond, Tereza (esposa de Chicoteca), Hugo Régis, Chicoteca e Gustavo Nolasco (Crédito: Tovinho Régis).

Leo Drumond, James Muniz, Chicoteca e Gustavo Nolasco (Crédito: Tovinho Régis).

Meire, presidenta da FISMER, esperando seu autógrafo (Crédito: Tovinho Régis).

A vez de Nilton Show (Crédito: Tovinho Régis).

Leo Drumond no stand de Os Chicos no Baile Destaques 2011 (Crédito: Tovinho Régis).

Remanso recebe lançamento do livro Os Chicos

Crédito: Leo Drumond

Sucesso em Minas Gerais, Alagoas e Pernambuco, o livro Os Chicos – Prosa e Fotografia, dos mineiros Gustavo Nolasco e Leo Drumond, será lançado também na Bahia. E a cidade escolhida para a grande festa foi Remanso, às margens do Lago de Sobradinho. O lançamento acontecerá no sábado (26\11), às 19h30, na Blue Moon.

Mais do que o simplesmente lançamento da belíssima obra de Nolasco e Drumond, a festa em Remanso será uma grande homenagem da sociedade remansense a um de seus moradores mais ilustres: Francisco Pereira Gomes, o Chicoteca.

Chicoteca será o grande homenageado em Remanso (Crédito: Leo Drumond).

Veloz atacante, hábil alfaiate, produtor cultural e empresário de banda, Chicoteca também foi o personagem escolhido pelos autores de Os Chicos para retratar a saga da cidade de Remanso, engolida pelo Lago de Sobradinho e renascida do afogamento. No capítulo “Guardião de uma sepultura inundada”, trechos da história da vida de Chicoteca se confundem com o passado e o presente de uma cidade que se fez duas vezes.

Fomos apresentados ao Chicoteca pelo Tovinho Régis, nosso grande parceiro dentro do projeto Os Chicos. Logo de cara, me encantei com a semelhança da história de vida dele com a da própria cidade de Remanso. Ambos não se deixaram abater pela tristeza e sempre se reinventaram. Essa forte ligação também fica clara nas imagens captadas pelo Leo Drumond”, explica o jornalista Gustavo Nolasco.

Para a festa em homenagem a Chicoteca, os organizadores Tovinho Régis e Paulinho da Cesta do Povo, prepararam uma série de atividades na Blue Moon, antiga boate Chicoteca. A solenidade será aberta com uma apresentação do Teatro de Bonecos. Em seguida, Nolasco e Drumond farão uma pequena apresentação do projeto de documentação da cultural oral das comunidades ribeirinhas ao São Francisco e exibirão o filme curta-metragem Os Chicos.

Lago de Sobradinho, Rio São Francisco, em Remanso, Bahia (Crédito: Leo Drumond).

Encerrando as homenagens a Chicoteca, os autores se confraternizarão com o público e farão uma sessão de autógrafos do livro Os Chicos – Prosa e Fotografia. A festa se estenderá no Baile de Destaques 2011, promovida por Marcílio Braga, onde teremos um stand de Os Chicos.

O evento terá o apoio da Rádio Comunitária Zabelê FM, de Paulinho da Cesta do Povo, de Marcílio Braga – Baile Destaque 2011, do vice-prefeito Hugo Régis, do professor Flávio Diniz (Teatro de Bonecos) e de Tovinho Régis.

Além da festa no dia 26\11 em Remanso, Os Chicos será lançado no dia anterior em Petrolina\PE. Já foi lançado em Belo Horizonte\MG, Maceió\AL, Mariana\MG. Tendo lançamentos também previstos para Paulo Afonso\BA (02\12) e Penedo (03\12).

A expectativa é de que, no início de 2012, mais três lançamentos ocorram nas ribeirinhas Pirapora\MG, Januária\MG e Bom Jesus da Lapa\BA. Também estão programados eventos em Tiradentes\MG, Brasília\DF, São Paulo\SP e Rio de Janeiro\RJ no próximo ano.

Pesquisa

O livro Os Chicos – Prosa e Fotografia surgiu da pesquisa realizada pelos autores de 2008 a 2011, quando Nolasco e Drumond percorreram as margens do Rio São Francisco, passando pelos estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas. Em homenagem ao nome do rio e para satisfazer suas veias de repórteres, os dois impuseram o instigante desafio de percorrer as comunidades ribeirinhas à caça apenas de personagens que se chamassem Francisco ou Francisca.

O projeto Os Chicos (www.oschicos.com.br) teve o patrocínio do Governo Federal, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), do Governo de Minas, do Banco BMG, da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) e do Grupo Orguel. Contou ainda com o apoio da General Motors.

A segunda etapa do projeto Os Chicos – já em fase de elaboração – será a execução de uma nova expedição cultural ao longo do Velho Chico, quando será produzido e filmado um vídeo documentário.

O livro Os Chicos – Prosa e Fotografia é também um lançamento da Nitro Editoral. Ele pode ser adquirido pelo site www.nitroimagens.com.br, ao preço promocional de R$ 40,00 (mais frete), em qualquer parte do país.

Evento: Lançamento do livro Os Chicos – Prosa e Fotografia

Local: Blue Moon – Antiga “Chicoteca”

Data: 26\11

Horário: 19h horas

Mais informações:

Tovinho Régis (74-8824-4070)

Gustavo Nolasco (31-9627-7379 – gustanolasco@gmail.com)

 

Procissão de Nossa Senhora do Rosário – Remanso – Bahia

Uma multidão acompanha a procissão de Nossa Senhora do Rosário, em Remanso, Bahia. O encerramento da festa da Padroeira de Remanso aconteceu no último domingo, 30/10, com os fieis carregando o andor de Nossa Senhora. A procissão partiu da Rua Vidal de Negreiros, na quadra 13, e seguiu pela avenida Eunápio Peltier de Queiroz até chegar à praça Manoel Firmo Ribeiro e seguindo até a Igreja Matriz.

Nossa Senhora do Rosário, Padroeira de Remanso.

Sair na Procissão e conseguir um lugar junto ao andor não é uma tarefa muito fácil. É preciso chegar muito cedo para garantir a posição, segurando o carro que transporta a Santa. Todos os anos uma turma sempre chega cedo e vai do início ao fim da Procissão ali, agarradinha sem abrir espaço para mais ninguém. São sempre os mesmos: Lília Régis, Matilde Rosal, Renata Rosal, Hugo Régis, entre muitos que moram em Remanso e também os que moram foram sempre garantem suas posições, como é o caso da amiga Felicidade que todos os anos está lá no seu lugar. Mas tem uma turma, da linha de frente, que é a mais fiel e é puxada pelo Naldão Muniz e pelo Estandislau Moura do Carmo.

A turma que garante cedo o lugar ao lado do andor.

A cada ano aumenta a participação dos fieis. A procissão já sai do ponto de partida com um grande número de participantes e vai aumentando à medida que vai passando pelas ruas. Alguns apenas observam, mas a grande maioria junta-se ao cortejo seguindo até a chegada à Igreja Matriz.

A procissão iniciou-se na Rua Vidal de Negreiros...

...passando pela avenida Eunápio Peltier de Queiroz...

...até chegar à praça da Igreja Matriz.

A chegada da imagem de Nossa Senhora do Rosário à Igreja Matriz é um momento que sempre traz muita emoção e gera um misto de tristeza e de felicidade. Felicidade pela beleza da festa e pela certeza do dever cumprido. Tristeza por ter chegado ao fim e saber que no dia seguinte não tem mais novena. Fica a saudade e a esperança de que no próximo ano todos estarão ali de novo.

Dom José Geraldo, Bispo da Diocese de Juazeiro, Bahia.

O encerramento da festa, como em todos os anos, foi feito pelo Bispo da Diocese de Juazeiro, Dom José Geraldo. No final o Padre Benedito fez os agradecimentos aos organizadores da festa, aos visitantes e a todos que fizeram de tudo para que acontecesse com muita paz, alegria e muita fé.

Parabéns a todos e no próximo ano estaremos aqui de novo.

Veja mais momentos da festa:

Muitos param para ver a Procissão passar.

Hugo Régis e José "Leão" Campinho.

Uma multidão nas ruas de Remanso.

Lígia e Louro na Procissão de Nossa Senhora do Rosário.

Lucimar Moura e Socorro Rubens.

As filhas de D. Marieta Severo. Em destaque Felicidade e Ormezinda.

Adelaido Viana: um grande acervo em vídeo das festas de Nossa Senhora.

Kerliana e suas belas filhas acompanham a procissão.

Diácono José de Erimatéia, Pe. Josemar, Pe. João Sena e Pe. Benedito.

Jovens e crianças participam ativamente da festa.

Dom José Geraldo fala aos fiéis.

As anjinhas alegram a festa de Nossa Senhora do Rosário.

O Padre Benedito faz os agradecimentos finais.

Uma multidão no encerramento da festa.

Júlio Paixão e família.

Letícia, Luciana, Zé Marcelino e Mariana.

Professora Louraci Negreiros e seus netos.

Nossa Senhora do Rosário em procissão pelas ruas de Remanso.

Em breve colocarei alguns vídeos e farei uma seleção das melhores fotos da procissão para publicar e um DVD para quem tiver interesse em comprar.

Mais fotos em: http://www.flickr.com/tovinhoregis.

Dom José Geraldo celebra a última noite do novenário em Remanso.

No último sábado, 29/10, aconteceu a nona e última noite do novenário de Nossa Senhora do Rosário, padroeira de Remanso, Bahia. Foram nove dias de celebração e festa. Por aqui passaram vários padres, freiras, grupos religiosos e os bispos de Petrolina-PE, Dom Paulo Cardoso da Silva, bispo emérito, e Dom José Geraldo, bispo da Diocese de Juazeiro, da qual faz parte a paróquia de Remanso.

Dom José Geraldo, Bispo de Juazeiro, Bahia.

No decorrer do novenário os filhos de Remanso que moram fora foram chegando e trazendo os amigos para participar desta tradicional festa católica. Muitas pessoas que não apareciam há bastante tempo estiveram por aqui; outras ficaram na vontade de estar presente, mas por vários motivos não puderam vir. Para estes as novenas chegaram via Internet e todos puderam acompanhar tudo em tempo real. Gente de todos os cantos do planeta enviaram mensagens que foram lidas durante as celebrações.

Dr. Alberta Alencar e familiares.

Mais filhas de Remanso, como Fatinha...

... as irmãs Rosilene e Rosimar Passos...

...(??) e Cleide Coelho...

... Vera e Maria Madalena (tomara que não tenha errado ninguém, rsrs).

A noite teve como sub-tema: “Diocese de Juazeiro – 50 Anos de Missão a Serviço da Vida”. Noiteiros: Famílias, ECC, Comunidades do Interior, Visitantes, Filhos(as) de Remanso residentes em outras cidades e Pescadores(as).

Como estamos dentro das comemorações do Jubileu de Ouro da Diocese de Juazeiro, que foi criada em 21 de julho de 1962, pelo Papa João XXIII, sendo instalada em 10 de fevereiro de 1963 com a posse do seu primeiro Bispo Dom Tomás Guilherme Murphy, os noiteiros fizeram uma homenagem especial com a participação de jovens representando os três últimos Bispos: Dom Tomás Guilherme Murphy, Dom José Rodrigues de Souza e Dom José Geraldo da Cruz, o Bispo atual.

Garotos representando os três últimos Bispos da Diocese de Juazeiro.

Diz-se que o que é bom dura pouco e isso ficou evidente nos semblantes dos remansenses. Todos com cara de quem queria que não acabasse ainda. Mas fica a certeza de que no próximo ano tudo volta a acontecer melhor ainda.

Parabéns a todos que fizeram esta bela festa.

Amanhã farei o post da Procissão.

Vejam mais algumas fotos:

Josemir e o belo dourado ofertado pelos pescadores.

O Pão e o Vinho: Corpo e Sangue de Cristo.

As anjinhas: Júlia, Janaína, (??) e Maria Clara.

Geiva e Rui; Nilva e José Ari.

Padre José Benedito Rosa.

Muita gente na última noite de novena.

Preparando a Comunhão.

Mirlla (d) e sua amiga.

Cleidimar.

Toda noite tinha a turma da "prorrogação".

Tentou, mas não conseguiu a foto com o Bispo.

Para ver mais é só ir até http://www.flickr.com/tovinhoregis.

Coral da Família – Novenário de Nossa Senhora do Rosário.

Ainda estou em débito com os remansenses, com relação aos posts da festa de Nossa Senhora do Rosário, mas segue esta pequena demonstração do que ainda vem por aí. Tenho muitas fotos e vídeos para publicar e vou fazer isso aos poucos.

Este vídeo foi feito no dia 28/10 antes do início da novena.

 

8ª Noite do Novenário de Nossa Senhora do Rosário.

Sexta-feira, 28/10, aconteceu a oitava noite do novenário de Nossa Senhora do Rosário, em Remanso, Bahia. O sub-tema foi “Somos chamados por Deus a proteger a vida em todo conjunto da Criação” e a pregação ficou por conta de Roberto Malvezzi, o Gogó (Articulação Popular – São Francisco Vivo), com a celebração feita pelo diácono remansense José Erimatéia de Oliveira. Os noiteiros: Comerciantes, Comerciários, Feirantes, Vila São Francisco, Vila Santo Agostinho, Área Industrial, Vila Matilde e Quadras 01 e 04.

Lília Régis, comentarista.

Diácono José Erimatéia de Oliveira.

Anjinhas (Janaína Campinho à esquerda).

Maria Clara, Vitória e ..., mais anjinhas.

Sarah Coelho e as borboletas (na caixinha, rsrs).

As crianças fizeram uma bela homenagem à natureza.

Naldão Muniz é um dos carregadores do andor...

... junto com Estandislau Moura do Carmo.

Marieta Queiroz e família.

Rubão Muniz.

Mais fotos em: http://www.flickr.com/tovinhoregis.