Arquivo de Velho Chico

Lançamento de Os Chicos – Livros de Leo Drummond e Gustavo Nolasco.

Posted in Notícias with tags , , , , , , , , , , , , , , , on outubro 14, 2011 by tovinhoregis

Na próxima segunda-feira, 17/10, os mineiros Leo Drumond e Gustavo Nolasco lançam o livro Os Chicos na Academia Mineira de Letras, localizada na Rua da Bahia, 1466, Lourdes, Belo Horizonte-MG. Na realidade são dois livros em uma caixa muito bem elaborada: Os Chicos – Fotografia – Leo Drumond e Os Chicos – Prosa – Gustavo Nolasco.

O laçamento de Os Chicos em Remanso será no dia 26 de novembro na Chicoteca (atual Bluemoon), às 19h. Também teremos um stand no Baile Destaques de 2011, promovido pelo nosso amigo Marcílio Braga, no Lago Azul Yate Clube, com a presença dos autores.

Os Chicos - Caixa com dois livros: Fotografia e Prosa.

Os autores desta importante obra de valorização da população ribeirinha do São Francisco estiveram em Remanso no mês de abril de 2010 onde fizeram várias fotos e entrevistaram o personagem de Remanso, o nosso querido Francisco Pereira Gomes, o Chicoteca.

Gustavo Nolasco e Leo Drumond na caixa d'água da velha Remanso, abril/2010.

Gustavo Nolasco e Leo Drumond entrevistando Chicoteca.

Estarei em Belo Horizonte prestigiando o lançamento e registrando tudo para divulgar aqui no blog.

A seguir leiam a apresentação do projeto divulgada pelos autores ilustrada por algumas fotos minhas e de Leo Drumond:

Projeto documenta cultura oral do rio São Francisco por meio da vida de “Chicos e Chicas”

Site do projeto Os Chicos: http://www.oschicos.com.br

 Dividido em três etapas, Projeto Os Chicos terá livro, caravana cultural e video documentárioao longo do Velho Chico

Iniciado no ano de 2007, o projeto Os Chicos nasceu com o objetivo de relatar a história do rio São Francisco por uma ótica até hoje pouco explorada: a partirda percepção de seus personagens, da narrativa das próprias pessoas que vivem às suas margens. A documentação por textos e imagens das experiências humanas, sociais e culturais foi o caminho escolhido para construir uma nova forma de falar sobre a história e a geografia do rio da integração nacional.

Leo fotografando a Caixa D'Água (Foto: Leo Drumond). Leo Drumond (Foto: Tovinho Régis).

De 2008 a 2010, o jornalista Gustavo Nolasco e o fotógrafo Leo Drumond percorreram 58 cidades e comunidades ao longo dos 2,7 mil quilômetros de extensão do rio São Francisco. Passaram pelos estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas. Neste trabalho de pesquisa, entrevistaram e fotografaram os personagens que ajudaram a mostrar a diversidade da cultura oral das margens do “Velho Chico”.

Foto: Leo Drumond

Na sua primeira etapa, o projeto levou para a fotografia, literatura e redes sociais da internet a combinação de um bem natural e a necessidade do homem de transmitir, pela oralidade, sua cultura para as novas gerações. Desta forma, o projeto Os Chicos cumpriu o seu primeiro objetivo de contribuir para imortalizar uma das maiores riquezas imateriais do país: a diversidade cultural dos ribeirinhos do São Francisco.

Com base no material pesquisado, a partir do que os ribeirinhos relataram aos pesquisadores, surgem duas publicações: Os Chicos – Prosa e Os Chicos – Fotografia. Duas leituras poéticas e históricas da sociedade que habita as margens do rio São Francisco. Os livros tem lançamento previsto para o dia 17 de outubro.

Foto: Leo Drumond

A segunda etapa do projeto Os Chicos – já em fase de elaboração – será a execução de uma nova expedição cultural ao longo do Velho Chico, quando será produzido e filmado um vídeo documentário.

Personagens

Em homenagem ao nome do rio, os autores se impulseram o instigante desafio de percorrer as comunidades ribeirinhas à caça apenas de personagens que se chamassem Francisco ou Francisca.

O objetivo principal era mostrar que o Chico de Petrolina, por exemplo, tem toda uma relação com o rio, uma cultura oral, folclores e histórias completamente diferentes de um Chico de Pirapora, em Minas. Por outro lado, homenageamos os Chicos e Chicas, pois uma das poucas características comuns ao longo de todo o São Francisco é o orgulho de pais e mães ao batizarem seus filhos com o nome do rio”, explica o idealizador do projeto, Gustavo Nolasco.

A primeira etapa do projeto Os Chicos teve o patrocínio da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), do Banco BMG, da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) e do Grupo Orguel. Contou ainda com o apoio da General Motors (GM).

Parceria de Nolasco e Drumond iniciou-se em 2006

 Mineiros de Belo Horizonte, o jornalista Gustavo Nolasco e o fotógrafo Leo Drumond desenvolvem trabalhos conjuntos desde 2006, quando iniciaram o planejamento para a execução de Os Chicos. No ano seguinte, eles inscreveram – em parceria com a empresa d’Cult Marketing Cultural – Os Chicos na Lei Rouanet, imediatamente aprovado pelo Ministério da Cultura.

Ainda em 2007, estiveram em São Roque de Minas e em Pirapora para produzir um capítulo-piloto de Os Chicos. Em 2008, a Cemig tornou-se parceira do projeto que, neste ano, ganhou ainda a CBMM como nova apoiadora.

Em 2009, a parceria voltou a acontecer no livro “Beira de Estrada”, de Drumond, quando Nolasco foi responsável pelos textos da obra do fotógrafo. O livro foi lançado em 2010.

Além de Os Chicos e Beira de Estrada, Gustavo Nolasco e Leo Drumond já realizaram reportagens conjuntas para revistas nacionais, prestaram serviços de assessoria de imprensa e desenvolvem outros dois projetos culturais ainda em fase de planejamento: “Beira de Estrada Brasil” e “Rosário”, parceria com o jornalista André Gobira.

Gustavo Nolasco e Leo Drumond - Os Chicos.

Gustavo Nolasco (Belo Horizonte/MG). Sua história com o Rio São Francisco se remete ao ano 2000, quando iniciou uma série de viagens ao longo de toda a sua extensão, pesquisando e entrevistando moradores já com a proposta de elaborar o projeto Os Chicos. Atualmente, faz parte da equipe da Assessoria de Imprensa do Governador de Minas Gerais. Tem em seu currículo passagem por grandes jornais mineiros, foi fundador do jornal A Semana, em Mariana/MG, além de trabalhos na área cultural e reportagens em revistas nacionais. É também autor dos textos do livro “Beira de Estrada”, do fotógrafo Leo Drumond.

Gustavo Nolasco na caixa d'água da velha Remanso.

Leo Drumond (Belo Horizonte/MG). Uma das grandes revelações da fotografia mineira, com passagens pelo Jornal Hoje em Dia e pela Folha de S. Paulo. Recebeu os prêmios Banco do Nordeste de Jornalismo 2006 e o Prêmio Comunicador do Futuro 2008. É autor do projeto “Beira de Estrada”, que percorreu 25.000km de estradas por Minas Gerais, cujo livro foi lançado no ano 2010. Além de realizar diversos projetos autorais, é um dos sócios da Agência Nitro, atendendo grandes empresas e os principais veículos de imprensa do país.

Leo Drumond fotografando no Lago de Sobradinho, em Remanso, Bahia.

Site do Projeto: http://www.oschicos.com.br

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 26 outros seguidores