Segunda noite do novenário de Nossa Senhora do Rosário

00_SEGUNDANOITE-6310

O subtema desta noite, com pregação do padre José Erimateia, da paróquia de São João Batista de Uauá, foi “Deus, autor da liberdade, não tolera a escravidão”.

Os noiteiros do dia: Grupo de Idosos, CRAS, NAPI, Centros Comunitários, Creche São José, Centro Juvenil São Leão Magno, SASOP, IRPAA, Rede de Mulheres e Quadras 16 e 17.

Nesta segunda noite o número de fieis já aumentou bastante e os remansenses “estrangeiros” vão chegando aos montes para abrilhantar a festa da padroeira de Remanso.

Segunda noite do novenário de Nossa Senhora do Rosário.

Segunda noite do novenário de Nossa Senhora do Rosário.

Todas as noites, como já virou tradição na festa de outubro, sempre acontecem as homenagens às pessoas e entidades que prestam serviços à comunidade remansense. A irmã Joana Margarida, por exemplo, é a grande homenageada deste ano pela sua vida dedicada aos serviços da Igreja em Remanso e à sua busca incessante pela melhoria de vida das crianças menos favorecidas da nossa cidade. Foi uma batalhadora e não mediu esforços para ajudar na formação cristã dessas crianças, principalmente na criação de alguns corais e no estímulo à criação da escola de música de Remanso, além de conseguir alguns instrumentos para ajudar na formação musical de crianças e adolescentes católicos.

Homenagem aos 25 anos do SASOP na nossa região.

Homenagem aos 25 anos do SASOP na nossa região.

Nesta noite a homenagem especial foi para o SASOP, entidade que este ano completa 25 anos de atuação em Remanso e região. Neste tempo todo o SASOP sempre esteve presente no meio rural, sempre buscando aprimorar as técnicas dos nossos irmãos sertanejos, trazendo para eles as ferramentas para livrá-los da escravidão e levá-los à liberdade, como bem indica o tema da noite. Parabéns ao SASOP e que tenham uma longa existência, sempre em favor dos menos favorecidos.

Ao final da novena a Secretaria de Saúde montou um posto de vacinação contra gripe, onde foram vacinadas uma grande quantidade de pessoas. Aproveitando, as amigas Suzie e Ivana avisam que na noite desta quinta-feira também estarão vacinando pessoas de todas as idades, mas advertem que quem já foi vacinado este ano não deve tomar uma nova dose.

Vejam mais algumas fotos da noite:

02_SEGUNDANOITE-6189 SEGUNDANOITE-6438 SEGUNDANOITE-6437 SEGUNDANOITE-6434 SEGUNDANOITE-6432  SEGUNDANOITE-6427 SEGUNDANOITE-6426 SEGUNDANOITE-6425 SEGUNDANOITE-6417 SEGUNDANOITE-6416 SEGUNDANOITE-6386 SEGUNDANOITE-6359 SEGUNDANOITE-6356 SEGUNDANOITE-6351 SEGUNDANOITE-6337 SEGUNDANOITE-6335 SEGUNDANOITE-6330 SEGUNDANOITE-6311 SEGUNDANOITE-6285 SEGUNDANOITE-6253 SEGUNDANOITE-6227 SEGUNDANOITE-6208 SEGUNDANOITE-6197 SEGUNDANOITE-6196 SEGUNDANOITE-6173 SEGUNDANOITE-6171 SEGUNDANOITE-6164 SEGUNDANOITE-6156 SEGUNDANOITE-6155 SEGUNDANOITE-6144 SEGUNDANOITE-6140 03_SEGUNDANOITE-6195

Começa o novenário de Nossa Senhora do Rosário: Remanso em festa!

00_NOSSA_SENHORA-5744

Com o tema “Fraternidade e Tráfico Humano” e o lema “É para a liberdade que Cristo nos Lebertou” (Gl 5,1), começou nesta terça feira, 21/10, o novenário de Nossa Senhora do Rosário, padroeira de Remanso, Bahia. O sub-tema da noite foi “A criação, fonte da dignidade humana”, celebrado pelo padre José Benedito Rosa, com coparticipação dos padres Josemar Mota (pároco da catedral de Juazeiro-BA), João Sena (vigário de Curaçá-BA), José de Erimateia (Paróquia de Uauá-BA) e padre Edmundo (Paróquia de Remanso-BA). Os noiteiros deste primeiro dia foram os Legionários e Legionárias, Rosário Permanente, Carismáticos, Ministros e Ministras da Eucaristia, Terço dos Homens, Quadras 09, 11, 13 e BNH.

Padre João Sena, vigário de Curaçá-BA.

Padre João Sena, vigário de Curaçá-BA.

O vigário de Curaçá, padre João Sena, na sua pregação, traçou um paralelo do trecho bíblico do livro de Gênesis, que trata da criação da humanidade, “onde Deus criou todas as condições para que a pessoa possa viver com dignidade para que todos possam viver na liberdade” com a realidade em que vivemos hoje, onde as mesmas condições estão colocadas. “Nós também fomos colocados no jardim e nesse jardim também tem muitas árvores com frutos saborosos…”. “Assim como nos tempos de nossos primeiros pais, o jardim também é hoje e Deus nos permite usufruir desse jardim, porém com a mesma orientação que deu aos nossos primeiros pais, a gente não pode mexer em tudo que está aí. “…Tudo que Deus fez foi bem feito e tudo que Deus fez foi exatamente para favorecer a nossa liberdade…”.
Entretanto, o mau uso da liberdade e a falta de zelo com o nosso rio São Francisco, por exemplo, onde a gente usa o rio mas não cuida, não zela, vem prejudicando tantas outras vidas. “É só lembrar que os primeiros habitantes do Brasil que viviam nas margens do rio deixaram de existir; muitos peixes que haviam nesse rio também deixaram de existir e muitas outras espécies de vida que vocês mesmos conheceram já não existem mais”.
“Onde não há vida também não pode haver liberdade”.
“Diante desse desastre que acontece aqui na nossa região com os mananciais de água, com a caatinga, com a vegetação, com o Rio São Francisco, nós somos chamados também por Deus, através da realidade, a colaborar com a criação a colaborar com a vida. Celebrar esta novena é a gente de fato se comprometer com a vida, é se comprometer com a liberdade.”
“Caríssimos irmãos e irmãs, vamos pedir pela intercessão de Nossa Senhora do Rosário, que nós sejamos sensíveis aos apelos de Deus, que nós possamos ser colaboradores de Deus para com a vida, para com a criação. Pedir à virgem do Rosário para que nós possamos ter ânimo para a gente recuperar a nossa região, para a gente recuperar o nosso rio São Francisco. Porque tudo o que foi feito foi para favorecer a vida, foi para favorecer a dignidade, foi para favorecer a nossa libertação. Então vamos dizer sim ao plano de Deus como nossa Senhora sempre disse. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.” Assim o padre João Sena encerrou a sua pregação.
Vejam mais algumas fotos:

Bíblia Sagrada.

Bíblia Sagrada.

Celina, Cecé e Nildete.

Celina, Cecé e Nildete.

Alleluia!

Alleluia!

Zezinho da Nair e Hildete Figueiredo.

Zezinho da Nair e Hildete Figueiredo.

Arlenícia e o abraço da paz.

Arlenícia e o abraço da paz.

Santíssimo Translúcido.

Santíssimo Translúcido.

Novena de Nossa Senhora do Rosário.

Novena de Nossa Senhora do Rosário.

Novena de Nossa Senhora do Rosário.

Novena de Nossa Senhora do Rosário.

Procissão do Santíssimo Sacramento.

Procissão do Santíssimo Sacramento.

Dra. Fabiana na procissão do Santíssimo Sacratamento.

Dra. Fabiana na procissão do Santíssimo Sacratamento.

Jorge Antônio e Paula Salves: os "paulistas" de Remanso.

Jorge Antônio e Paula Salves: os “paulistas” de Remanso.

Padre João Sena, vigário de Curaçá-BA.

Padre João Sena, vigário de Curaçá-BA.

Anjinhas, uma tradição das novenas.

Anjinhas, uma tradição das novenas.

Padre Benedito e Padre João Sena.

Padre Benedito e Padre João Sena.

Cristo pregado na cruz.

Cristo pregado na cruz.

Os “sem água” de São Paulo (Na pele de Alkmin).

Roberto Malvezzi (Gogó)*

Gogo-SaoPaulo

A nordestina que assistia televisão começa a chorar quando vê o sofrimento de uma mulher paulistana da periferia, com a pia cheia de pratos, o vaso sanitário cheio de outras coisas, há dois dias sem tomar banho e sem saber como lidar com essa penúria de água.
Essa história ouvi na cidade de Canudos nesse sábado passado, aqui no sertão da Bahia, local simbólico da luta nordestina pela terra e pela água. Quem me contou foi o Pe. Alberto, pároco da cidade, durante a romaria de Canudos que acontece todos os anos.
Não queria estar na pele de Geraldo Alckmin quando essa eleição passar. Quando os “sem água” saírem às ruas, como fizeram em Cochabamba (Bolívia), em Rosário (Argentina) ou em tantas cidades nordestinas em outras épocas, a classe política vai conhecer o que é a fúria popular causada pela sede. Como se diz aqui pelo sertão “a fome e a sede tem cara de herege”.
O sofrimento humano causado pela falta d’água se generaliza em todo o país. Primeiro como resultado de um processo histórico de degradação e maltrato para com nossos mananciais. Segundo pela incapacidade total de nossas autoridades que tem poder de decisão de ver o que acontece e tomar medidas preventivas contra o pior. Terceiro porque a questão eleitoral não permite o debate sério que a cidade de São Paulo e outras regiões do país – como o São Francisco – terão que tomar ao menos para sobreviver, causando até piedade de uma senhora nordestina que sabe o que é passar uma vida labutando por um pouco de água. Hoje, no sertão de Canudos, ela está muito melhor que a paulistana.
O sofrimento humano deveria gerar solidariedade, não preconceitos e raivas. Prefiro a sensibilidade da nordestina de Canudos que todos os discursos feitos nessa eleição contra o Nordeste e seu povo. A voz das redes sociais, então, mesmo vindo de médicos, advogados, políticos, intelectuais, etc., espelha o que há de pior no ser humano. A lágrima da nordestina o que há de melhor no Nordeste e no povo brasileiro.
Mas, Alckmin que se proteja. Basta um palito de fósforo e essa água pega fogo.

*Roberto Malvezzi (“Gogó”), nasceu em 1953, no município de Potirendaba, São Paulo. É graduado em Estudos Sociais e em Filosofia pela Faculdade Salesiana de Filosofia, Ciências e Letras de Lorena, em São Paulo e graduado em Teologia pelo Instituto Teológico de São Paulo. Foi Coordenador Nacional Comissão Pastoral da Terra – CPT. Ao longo dos anos, lutou contra o regime militar, na defesa dos direitos das populações realocadas em razão da barragem de Sobradinho. Atualmente, reside em Juazeiro-BA e atua na Equipe CPP/CPT do São Francisco.

O “pão de cada dia” e o salário mínimo.

Roberto Malvezzi (Gogó)*

GOGO_FUSAO-

Nesse segundo turno votarei no salário mínimo.

As informações nos dizem que 80 milhões de brasileiros vivem desse salário. Outros 40 milhões sequer recebem um mínimo.
Nele eu vejo o rosto de trabalhadores do campo e da cidade, desde os aposentados rurais, pescadores, a maioria dos dependentes da previdência social, balconistas de lojas e redes de supermercados, inclusive a juventude dependurada nos telefones dos call centers. Vejo inclusive gente da minha própria família.
Nas grandes cidades essas pessoas gastam quatro horas nos ônibus, trabalham duro oito horas por dia, se arrebentam a semana inteira para ao final do mês ganhar um salário mínimo. É o povão brasileiro, cujas referências não vão muito além da família, do grupo de amigos, ou de alguma igreja do bairro.
No tempo de FHC o salário mínimo valia em torno de 60 dólares, correspondendo hoje a cerca de 150,00 reais. Mesmo com a desvalorização do dólar, hoje ele não passaria de 400,00 reais. Muito distante dos 724,00 reais do mínimo atual. E esse longe do cálculo do DIEESE, pelo qual o mínimo deveria estar em 3.079,00 reais para sustentar uma família de cinco pessoas.
Armínio Fraga, o homem que será o dirigente econômico caso Aécio seja eleito, já disse que o “salário mínimo do Brasil está muito alto” (Youtube, TV Estado). Aécio disse que o importante é a economia, não o salário mínimo. Portanto, quando for fazer os ajustes econômicos tão pedidos pelo mercado, já sabemos por onde ele vai começar.
Quando as pessoas votam normalmente olham seus interesses. A classe média tradicional quer estabilidade para poder fazer suas viagens, manter o nível de seus salários, poder comprar o carro do ano, assim por diante. Digamos que, numa sociedade como a nossa, seus interesses sejam legítimos.
A elite, aquela que pode ter dinheiro na especulação financeira, pensa se os juros permanecerão altos, se o governo central vai ter dinheiro para honrar seus compromissos com os pagamentos da dívida pública, se teremos exportações para garantir a entrada de dólares e assim garantir o superávit primário, que no fundo redunda na manutenção do status bilionário de aproximadamente 2% da população brasileira.
O povo quando vota quer saber se o que ganha vai pôr a comida na mesa, pagar o aluguel, o gás, a luz, a água, se vai sobrar algum dinheiro para a roupa, para o celular, para a TV ou um lazer de fim de semana. Os mais idosos e doentes pensam inclusive no dinheiro dos remédios. Enfim, trabalham por necessidades básicas e algum desejo de consumo da sociedade contemporânea.
Então, para mais de 100 milhões de brasileiros o salário mínimo é seu pão de cada dia, para utilizar uma expressão evangélica.
Nesse sentido, parafraseando Gandhi, simplesmente voto no salário mínimo para que multidões simplesmente vivam.

OBS: não iria escrever esse texto depois do escrito por Pedro Ribeiro de Oliveira…Mas, ainda assim achei conveniente.

*Roberto Malvezzi (“Gogó”), nasceu em 1953, no município de Potirendaba, São Paulo. É graduado em Estudos Sociais e em Filosofia pela Faculdade Salesiana de Filosofia, Ciências e Letras de Lorena, em São Paulo e graduado em Teologia pelo Instituto Teológico de São Paulo. Foi Coordenador Nacional Comissão Pastoral da Terra – CPT. Ao longo dos anos, lutou contra o regime militar, na defesa dos direitos das populações realocadas em razão da barragem de Sobradinho. Atualmente, reside em Juazeiro-BA e atua na Equipe CPP/CPT do São Francisco.

Inauguração da nova Gaby

Reabertura da Gaby Boutique

Ontem, 10/10, a amiga Neidinha Braga inaugurou o novo espaço da sua chiquérrima loja Gaby. “Está muito bonita a nova Gaby. Não fica devendo a nenhuma loja de capital”, disse o onipresente Ênio Moura (rsrs). Agradeço ao amigo Marcílio Braga e à Neidinha pelo convite e aproveito aqui para parabenizar a todos os envolvidos na organização da bela recepção. Foi uma festa, regada a espumante, refrigerantes e salgadinhos saborosos (as famosas empadinhas da Jó também estavam lá). A Gaby é, sem dúvida nenhuma, uma loja de referência na nossa região, vendendo marcas conhecidas da nossa juventude.

Vejam algumas fotos do evento:

Inauguração da nova Gaby.

Inauguração da nova Gaby.

Neidinha e Marcílio Braga.

Neidinha e Marcílio Braga.

Andreia

Andreia

Inauguração da nova Gaby.

Inauguração da nova Gaby.

Inauguração da nova Gaby.

Inauguração da nova Gaby.

Inauguração da nova Gaby.

Inauguração da nova Gaby.

Você vê mais fotos no meu Flickr: http://www.flickr.com/tovinhoregis

O elitismo incurável de FHC.

Roberto Malvezzi (Gogó)*
Reoberto Marvezzi "Gogó" - Sétimo dia de Novena

Fernando Henrique já disse que o PT cresceu nos grotões por falta de informação do povo (UOL, 06/10/2014). Com isso referia-se certamente em grande parte ao Nordeste brasileiro, principalmente o Semiárido.
Eu tinha jurado a mim mesmo que não daria uma única palavra sobre eleições nesse segundo turno, mas uma afirmação como essa é muito mais que um palpite eleitoral. É na verdade a hedionda visão sudestina sobre o Nordeste.
A arrogância é sempre má conselheira. Seria bom que todos nos perguntássemos qual a “agulha” que ele como presidente investiu na região. Em seu tempo foi realizado um dos melhores estudos sobre o Semiárido, ainda que numa lógica tecnicista, chamado de ARIDAS. Entretanto, quedou-se nas gavetas ou nos discos rígidos dos computadores. Ainda por cima tivemos o apagão energético da CHESF, quando quase todo sistema faliu por absoluto descuido com o São Francisco e outras demandas energéticas
Além do mais, o Semiárido mudou para melhor. Talvez aqui esteja a verdadeira razão do crescimento do PT, embora discordemos de tantas obras faraônicas e para atendimento do capital. Na verdade não foi só o Bolsa Família, ou o aumento do salário mínimo – que no tempo dele valia 60 dólares em contraste com os 300 dólares atuais -, mas também a expansão do abastecimento de água, além de todo apoio dos governos petistas à lógica da convivência com o Semiárido. Assim multiplicaram-se as cisternas para beber, para produzir, a agricultura ecológica, a criação de animais adaptados, numa lista quase infinda de iniciativas da sociedade civil que teve apoio governamental. Mesmo que não publique – por causa de nossas críticas à transposição do São Francisco – o governo tem expandido também as adutoras para muitas cidades do Semiárido. Os desgostos com o PT são muitos e graves, mas não há como negar que houve preocupação com a região.
Ainda mais, nunca a região esteve tão bem informada como nos últimos anos. Expandiu-se a energia elétrica – no tempo dele ainda líamos à luz de vela e lampião na esmagadora maioria das comunidades rurais – e com ela o uso de eletrodomésticos, a internet e os celulares.
Num debate sobre a implantação de uma usina nuclear em Itacuruba, Pernambuco – outro desgosto do governo Dilma encampado por Eduardo Campos – a juventude presente num debate citava os acontecimentos de Fukushima e convocava uma manifestação contrária à obra por torpedos e WhatsApp.
Esses dias, num momento de formação com a juventude do meio rural de Casa Nova e Remanso, Bahia, chamava a atenção que todos sabiam ler e escrever, todos tinham celulares, se comunicavam através das redes sociais, elaboraram um site para registrar seus avanços. Mesmo morando no meio rural, pelo menos a metade tinha acesso diário à internet.
Há poucos tempos atrás seus pais nem sequer sabiam ler. Todas nossas reuniões de formação eram feitas por técnicas de oralidade, como cordéis e músicas facilmente aprendíveis. Eles já tinham sim uma leitura de mundo, mas não tinham a leitura da palavra.
Sim, nessa última grande estiagem, não houve mortalidade humana, nem mesmo a infantil.
Então, o mundo daqui anda bem informado ultimamente. O povo do Semiárido tem razões objetivas para fazer suas escolhas. Parece que o único desinformado é o próprio FHC.
Aliás, depois de uma afirmação como essa, como Aécio ainda poderá pedir os votos dos nordestinos?

*Roberto Malvezzi (“Gogó”), nasceu em 1953, no município de Potirendaba, São Paulo. É graduado em Estudos Sociais e em Filosofia pela Faculdade Salesiana de Filosofia, Ciências e Letras de Lorena, em São Paulo e graduado em Teologia pelo Instituto Teológico de São Paulo. Foi Coordenador Nacional Comissão Pastoral da Terra – CPT. Ao longo dos anos, lutou contra o regime militar, na defesa dos direitos das populações realocadas em razão da barragem de Sobradinho. Atualmente, reside em Juazeiro-BA e atua na Equipe CPP/CPT do São Francisco.

Botafogo é campeão de Futsal em Remanso!

Botafogo Campeão.

Botafogo Campeão.

Na última terça-feira, 10/06, a equipe do Botafogo tornou-se campeã do Campeonato Remansense de Futebol de Salão de 2014. Numa partida emocionante, com o ginásio Luiz Eduardo Magalhães completamente lotado, os botafoguenses venceram o CRM de Pilão Arcado pelo placar de 5 a três. Os gols do botafogo foram marcados por Márcio (3), Rômulo (1) e Danilo (1). O CRM fez três com Eliomar (2) e Luiz (1).

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Ao final da partido os jogadores subiram à tribuna do ginásio de esportes para receber as medalhas, troféus e prêmios das mãos do prefeito Dr. Celso, dos secretários Arismar e Tomaz Neto e de vereadores e autoridades presentes.

O capitão Iann Havic levanta a taça de campeão.

O capitão Iann Havic levanta a taça de campeão.

O capitão do Botafogo, o goleiro Iann Havic, comemorou muito o campeonato e ergueu a taça para a torcida remansense.

Márcio recebe o troféu de artilheiro das mãos do prefeito Dr. Celso.

Márcio recebe o troféu de artilheiro das mãos do prefeito Dr. Celso.

O artilheiro do campeonato foi Márcio, do Botafogo, com 27 gols. Weslei, do Santa Cruz, foi o goleiro menos vazado. A equipe campeã, além do troféu, foi premiada com R$ 1.300,00 e o vice recebeu troféu e um prêmio de R$ 600,00. O artilheiro Márcio recebeu troféu e R$ 300,00 em prêmio. O goleiro Weslei recebeu um troféu.

Não pude fazer a cobertura completa do jogo, mas cheguei a tempo de ainda ver os últimos gols da partida e fazer as fotos da comemoração e entrega da premiação.

Vejam algumas fotos:

Ginásio Luiz Eduardo lotado para a grande festa do Botafogo.

Ginásio Luiz Eduardo lotado para a grande festa do Botafogo.

CRM 3 x 5 Botafogo.

CRM 3 x 5 Botafogo.

CRM 3 x 5 Botafogo.

CRM 3 x 5 Botafogo.

Tempo para o Botafogo.

Tempo para o Botafogo.

CRM 3 x 5 Botafogo.

CRM 3 x 5 Botafogo.

Desolação do goleiro do CRM de Pilão Arcado.

Desolação do goleiro do CRM de Pilão Arcado.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

A tristeza dos pilãoarcadenses e a alegria dos remansenses.

A tristeza dos pilãoarcadenses e a alegria dos remansenses.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Weslei, do Santa Cruz, goleiro menos vazado.

Weslei, do Santa Cruz, goleiro menos vazado.

O velho torcedor Paulo faz questão de posar com a bandeira e os troféus.

O velho torcedor Paulo faz questão de posar com a bandeira e os troféus.

Weslei, goleiro do Santa Cruz, goleiro menos vazado.

Weslei, goleiro do Santa Cruz, goleiro menos vazado.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

O artilheiro e o fã. Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

O artilheiro e o fã. Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

A jovem torcedora fez questão de posar ao lado da taça de campeão.

A jovem torcedora fez questão de posar ao lado da taça de campeão.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

O capitão Iann Havic recebe o troféu e o prêmio de campeão.

O capitão Iann Havic recebe o troféu e o prêmio de campeão.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Ismael recebendo sua medalha do secretário Tomaz Neto.

Ismael recebendo sua medalha do secretário Tomaz Neto.

Dr. Celso entrega o troféu de campeão ao capitão Iann Havic.

Botafogo Campeão.

Botafogo Campeão.

Botafogo Campeão.

Botafogo Campeão.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Arismar entrega o troféu de vice-campeão ao presidente do Santa Cruz.

Dr. Celso entrega o troféu de vice ao CRM de Pilão Arcado.

Dr. Celso entrega o troféu de vice ao CRM de Pilão Arcado.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Botafogo Campeão.

Botafogo Campeão.

Naiara Brenda e Karol. Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Naiara Brenda e Karol. Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Botafogo Campeão.

Botafogo Campeão.

O goleirão Iann foi para a galera.

O goleirão Iann foi para a galera.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

CRM (Pilão Arcado) 3 x 5 Botafogo

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Festa do Botafogo no Futsal de Remanso.

Recadastramento dos Servidores Públicos de Remanso: “Não vai ter prorrogação”.

Recadastramento dos Servidores Públicos Municipais - Remanso-BA

Encerra-se no próximo fim de semana o recadastramento dos servidores públicos do município de Remanso, Bahia. O processo iniciou-se em 15 de abril de 2014 com a publicação do Decreto Nº 1169/2014, que determinava a realização de recadastramento obrigatório dos servidores efetivos ou temporários. O prazo de recadastramento foi de 60 dias a partir da data da publicação do decreto.

Arismar da Silva Sousa, sec. Planejamento, Administração e Finaças.

Arismar da Silva Sousa, Secretário de Planejamento, Administração e Finaças.

Apesar de o decreto prever a prorrogação por mais 30 dias, no Art. 3º, § 1º, desde que justificada pela Comissão de Recadastramento, o secretário de Planejamento, Administração e Finanças, Arismar da Silva Sousa, afirmou que não haverá prorrogação do prazo: “Conversei com o prefeito e ele falou que não é possível a prorrogação devido aos prazos apertados que a prefeitura tem para concluir o recadastramento”. O secretário disse ainda que os servidores que trabalham no recadastramento farão esforços redobrados para tentar concluir o trabalho até sexta ou sábado, com a possibilidade de trabalho até à noite para atender as fichas já distribuídas no dia de hoje, 11/06, e que amanhã, devido ao jogo da seleção brasileira, o atendimento será de 8 às 14 horas, voltando ao normal na sexta-feira e no sábado pela manhã. Pelo decreto a data de encerramento seria no domingo, 15 de junho.

Os servidores que não fizerem o recadastramento estão sujeitos à suspensão do pagamento de salários até que seja regularizada a situação. “Após encerrar o recadastramento a prefeitura ainda estará à disposição, por alguns dias, daqueles que, justificadamente, não conseguirem fazê-lo dentro do prazo estabelecido pelo decreto”, disse Arismar.

Muitos deixaram para a última hora.

Muitos deixaram para a última hora.

Alguns servidores reclamaram do prazo afirmando que a divulgação não foi feita de forma adequada: “Só esta semana fiquei sabendo através da rádio Zabelê que estava acontecendo o recadastramento e que ia encerrar esta semana”, disse uma servidora que não quis se identificar. Segundo Adriano, responsável pela equipe do recadastramento, já foram recadastrados cerca de mil servidores e a quantidade que falta, com o esforço redobrado, deve ser possível concluir até o prazo. Não foi informada a quantidade exata de servidores, mas a média de cadastros feitos nos últimos dias está em torno de 120 a 140 servidores por dia, porque o processo é lento (são três páginas por servidor).

Barrados na portaria: "só entra quem já tem senha de atendimento".

Barrados na portaria: “Só entra quem já tem senha de atendimento”.

É aquela velha história: sempre fica tudo para a última hora. “Nas semanas anteriores a gente ficava praticamente sem atender ninguém e dava até sono, porque poucas pessoas apareceram para se recadastrar”, disse Tereza Cristina. Por volta das dez horas de hoje alguns servidores estavam na entrada da UAB em busca de senha, mas foram barradas e orientadas a voltarem amanhã, porque a quantidade de senhas distribuídas já estava acima da média dos últimos dias. O fato é que muita, mas muita gente mesmo deixou para a última hora. Vamos torcer para que tudo corra bem e que ninguém saia prejudicado e, se for necessário, que a prefeitura reveja a questão da prorrogação.

SINDSERV: Míriam Viana é reeleita com 70% dos votos!


Míriam, presidente do SINDSERV 2014

Neste domingo, 08/06, a atual presidente do Sindicato dos Empregados e Servidores Públicos Municipais de Remanso – SINDSERV, Míriam Ribeiro Viana, foi reeleita com 70% dos votos. A eleição aconteceu na sede do sindicato, das 8 às 17 horas, com a apuração iniciando-se logo em seguida ao encerramento da votação. Com 169 votos (70%), Míriam, Chapa 01, venceu por uma margem considerável de votos as duas chapas concorrentes. A Chapa 02 obteve 41 votos (17%) e a Chapa 03 conseguiu 31 votos (13%). As chapas concorrentes eram encabeçadas por Míriam Ribeiro Viana (Chapa 01), Eduardo Ferreira Afonso (Chapa 02) e Claudiane Oliveira de Luna “Kaka” (Chapa 03).

Míriam, César e Edvalda comemoram a vitória no SINDSERV.

Míriam, César e Edvalda comemoram a vitória no SINDSERV.

Mesmo com a grande diferença de votos em favor da atual presidente, a Chapa 02 solicitou a recontagem de votos, no que foi prontamente atendido pela Comissão Eleitoral. Para não deixar dúvidas, foram feitas duas recontagens. Depois de lavrada e assinada a ata a Comissão Eleitoral fez a queima das cédulas não utilizadas na votação na presença de várias testemunhas.

Cédulas não utilizadas foram queimadas pela Comissão Eleitoral.

Cédulas não utilizadas foram queimadas pela Comissão Eleitoral.

A nova diretoria e o Conselho Fiscal foram eleitos para o triênio 2014/2017 e terão duras batalhas neste período. “Agora vamos centrar nossas forças na batalha pelo Plano de Carreiras dos Servidores e na melhoria das condições de trabalho, além da luta pela recuperação das perdas salarias que tivermos neste período”, falou a presidente.

UNIVASF prorroga inscrições para cursos de especialização

univasf

A Secretaria de Educação a Distância (SEaD) da UNIVASF, no uso de suas atribuições, resolve alterar o cronograma do Edital nº 05/2014, de 27 de março de 2014, que trata do Processo Seletivo para Cursos de Especialização (Lato Sensu), contemplando: Especialização em Educação, Contemporaneidade e Novas Tecnologias; Especialização em Docência em Biologia; todos na modalidade a distância, para contar o seguinte.

A inscrição será realizada pela internet, na página da Secretaria de Educação a Distância da UNIVASF, através do Sistema de Processos Seletivos da SEaD (Sipss), na opção Seleções http://www.sead.univasf.edu.br/processoseletivo), no período de 12 de maio a 15 de junho de 2014, mas seu deferimento será condicionado à conferência dos documentos anexados e conferidos pelo candidato, conforme listados no item 6.1 do edital.